Por méritos!

Hoje, 05/05, dia da Língua Portuguesa (a escolha desta data é uma homenagem ao escritor e político baiano Ruy Barbosa), o Paiaiá Futebol Clube foi a campo e fez o “dever de casa”.

O adversário foi o Bahia do Norte, time organizado por um baiano da cidade de Tucano, BA, e que tem em seu elenco jogadores da cidade de Olindina, BA (cidade vizinha ao povoado do Paiaiá, Nova Soure, BA).

O Paiaiá enfrentou um time veterano? Não.

O Paiaiá enfrentou um time fraco? Não.

Por que o Paiaiá FC venceu por um placar tão largo?

O time entrou  em campo com: 1 Sílvio, 2 Allef, 3 Rui, 4 Gabriel, 6 Rafael; 5 Rayner, 8 Regis, 7 Amarelo, 10 Fabrício; 11 Binho, 9 Reis.

Antes de começar a partida eu, Sílvio, conversei com Binho sobre a necessidade de o time vencer o jogo. Falei pra ele que precisava vencer. Não queria saber de apenas jogar bem. Que adianta jogar bem e perder. Ressaltei que um time que tem Binho, Fabrício e Regis, não pode ficar muito tempo sem vencer. Eu gosto é de ganhar.

Nosso adversário, Bahia do Norte, um time de jogadores novos, indicava que teríamos que jogar muito para vencê-los.

Binho abriu o placar com um chute de longe que o goleiro “aceitou”, é verdade. Fabrício acertou um chute de esquerda daqueles que chamamos de golaço;  Allef fez o terceiro depois de um passe magistral de Fabrício; Binho fez o quarto gol.

Tudo isso depois de um domínio e toque de bola envolvente, de jogadores que se resolverem jogar futebol, ninguém segura.

O Bahia do Norte diminuiu. E não pense que não levamos pressão. O que fez a diferença foi o fato de o time ter feito 4 gols nas quatros chances que teve, ainda no primeiro tempo.

O time voltou par ao segundo tempo com Uilton no lugar de Rafael; Tunico no lugar de Reis e Itaécio entrou no lugar de Amarelo nos 15 minutos finais para fazer 2 gols. Amarelo que jogou muito e o cruzamento que fez para Binho fazer mais um gol, dessa vez de cabeça, foi algo de craque.

Gabriel deixou sua marca depois de uma cobrança de escanteio de Regis. Que jogou muito, mas faltou seu gol.

O time teve chances de fazer, pelo menos mais dois gols. Mas é natural um certo preciosismo em jogo nessa situação.

O segundo gol do Bahia do Norte foi em mais uma falha do sistema defensivo. A única do jogo. O time do Bahia pressionava, porém enfrentava dificuldades em penetrar e, sobretudo, em passar por um gigante chamado Rayner. Sílvio, goleiro do Paiaiá, fez três defesas difíceis durante o jogo.

O Paiaiá venceu o jogo por méritos. Criou situações em que deixou o adversário sem condições de marcar os jogadores que tem muita capacidade técnica para jogar futebol.

Eu destaco no jogo de hoje quatro jogadores: Rui, Rayner, Fabrício e Binho. Claro que todos jogaram bem, mas esses caras foram monstros dentro de campo.

Funcionou o coletivo, o toque de bola e não houve uma reclamação sequer, entre os jogadores de do time. Eles resolveram jogar bola e quando esses caras resolvem fazer isso…

Não posso deixar de engrandecer a postura do time do Bahia do Norte. Um time que sabe jogar bola e, mesmo perdendo de goleada, não deu um ponta-pé sequer. Parabéns pelo time.

Parabéns a todos os jogadores do Paiaiá. Precisávamos vencer. Precisávamos vencer bem.

PAIAIÁ FUTEBOL CLUBE, MAIS QUE UM TIME!

 

4 comments

  1. Já joguei neste campo por duas vezes pelo PFC e confesso que não foi algo que nos deu satisfação. Desta vez, por motivo de contusão, não estive presente, portanto não posso falar sobre o potencial do adversário, entretanto, sem gaguejar, posso falar do PFC que independente do adversário pode causar estrago ou muita alegria, depende da posição do apreciador. Vou me restringir ao grupo que esteve em campo hoje, um time com ótimos jogadores o que por se só, já era indício de jogo com gols, associando isso as dimensões do campo, era praticamente certo. E ocorreu, acredito a maior goleada do PFC em Sampa. Difícil é ouvi dos colegas sobre o jogo e lembrar, eu não estive presente neste jogo…
    Parabéns cabras!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *