Empatado!

“Futebol é muito simples: quem tem a bola ataca; quem não tem defende.“ Nenem Prancha.

Nenem Prancha, o filósofo do Futebol, apelido que ganhou  de Armando Nogueira, estava correto.

O Paiaiá FC, no jogo contra o Santos Cidade Dutra (03/06), fazia um bom jogo. O time não repetia a partida que fez diante do Boca Jr. Faltava um pouco de organização tática e mais calma no toque de bola.

Depois de uma bela jogada de Gabriel, Regis (Iniesta), abriu o placar.

O grama molhado fazia com que a bola corresse mais e chutes a gol de longa distância seria importante nessas condições.

Porém, o time do Paiaiá não chutou uma bola no gol no primeiro tempo.

O time do Santos chegou ao empate em uma bela cobrança de falta. Um golaço!

O primeiro tempo terminou em 1 x 1 e um jogo parelho. Não havia uma superioridade muito acentuada em campo.

Na volta do intervalo, o Paiaiá voltou melhor. Itaécio no lugar de Marcos. O time tocava bem a bola, evitava as aproximações do Santos e conseguia ser, predominantemente, superior no jogo.

O segundo gol do Paiaiá FC vale uma descrição melhor: Tunico recebe pela esquerda, põe velocidade, toca para o craque Rodrigo fazer o famoso “corta-luz” para Itaécio dominar com o pé direito e tocar de pé esquerdo no canto, sem nenhuma chance para o goleiro.

Paiaiá 2 x 1 Santos.

A contusão de Rui e, consequentemente, o time com apenas dez jogadores em campo, permitiu que o Santos pressionasse o time em busca do gol de empate.

O gol de empate saiu no último minuto do jogo depois da única falha cometida pelo sistema defensivo do Paiaiá FC.

Um empate em 2 x 2 não foi um mal resultado, tendo em vista a qualidade do time do Santos Cidade Dutra.

Óbvio que o time poderia ter saído de campo com mais uma vitória, mas o empate foi apenas parte de um capítulo:

(Carlos Sílvio)

O uso de empatar (referido ao futebol):

“Há empate sempre que o número de golos é o mesmo para cada equipa, quer seja 0-0, quer seja 1-1, pois ambas são situações em que não há vencedor em jogo. Mas, nesse caso, entendemos que «o jogo está empatado» e não que «o jogo está empatando»… Se disser que a sua equipa «está empatando», está apenas a referir-se ao momento exacto em que o empate acontece e, possivelmente, não é isso que pretende significar… Quando muito, se uma das equipas mete golo, e o jogo fica empatado, poderá dizer que «as equipas acabaram de empatar».

O verbo empatar indica uma acção que dura apenas um instante, não indica uma acção que se prolonga no tempo, como acontece, por exemplo, com o verbo assistir: «estou assistindo a uma partida de futebol». Deverá, pois, usar o verbo empatar no particípio passado (empatado) e não no gerúndio (empatando)”.

Texto final: Maria João Matos 

PAIAIÁ FUTEBOL CLUBE, MAIS QUE UM TIME!

One comment

  1. Um jogo que ficamos devendo. É no mínimo chato quando sofremos um gol sem que haja uma construção envolvente do adversário e quando isso acontece no final do jogo é frustrante. Foi dessa maneira que saí de campo hoje FRUSTRADO…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *