É futebol de várzea, amigo!

Jogar contra o Master Riviera é sinal de jogo com muitos gols. Vide o jogo no dia 02/04/17, Paiaiá 3 x 2 Riviera. Um jogo com muitos espaços é natural que que isso aconteça. O que não é natural é quando esses gols são provenientes de falhas, seja individual ou coletiva (posicionamento).

Parque Ecológico Guarapiranga, local muito agradável, não só para um jogo de futebol, mas para um lazer em belo domingo na zona Sul de Sampa.

Escalação do Paiaiá FC: 1 Sílvio, 2 Uilton, 3 Zé Elson, 4 Rui, 6 Thiago; 5 Álvaro, 8 Neto, 7 Rodrigo, 10 Binho; 11 Tunico, 9 Flávio.

Excepcionalmente, fomos com apenas 11 jogares para esse jogo.21764822_1611894698856580_8879234383856903373_n

O campo do Parque Ecológico Guarapiranga é propício para um time técnico que esse time esteja acostumado a jogar em campo de grama natural e com um certo desgaste no gramado.

O Paiaiá Futebol Clube vem jogando todos os domingos em campo de grama sintética, mas isso não dificultou e não teve nenhuma relação com o número de gols (4) que sofremos.

O primeiro foi nos primeiros minutos de jogo por uma falha individual. Vale ressaltar que o Paiaiá evoluiu em um ponto importante: nas últimas vezes que tomamos um gol no início do jogo, conseguimos manter a tranquilidade.

Essa tranquilidade , ao mesmo tempo em que erramos muito em posicionamento na nossa proteção a zaga, principalmente Neto e Álvaro que  não conseguiram se “encontrar em campo”, quando a bola estava em nosso pé o jogo fluía muito bem.

Chegamos ao gol de empate com Binho que recebeu pela esquerda e fuzilou na diagonal, rasteiro para empatar la peleja.

Não demorou muito e Rodrigo, depois de Tunico perder um gol claro,  em uma magistral cobrança de falta pelo lado direito do campo colocou o Paiaiá em vantagem .

O empate do adversário nasceu de onde mais falhamos durante o jogo: o meio campo. Muito espaço bem aproveitado pelo Riviera e 2 x 2 no placar.21687747_1943201712614139_5757283273547186417_n

Esquecemos que essas mesmas falhas ocorreram no jogo do domingo passado.

Quando sofremos o gol de empate estávamos em nosso melhor momento do jogo. Tocávamos muito a bola que até o adversário chegou a comentar no final do jogo:” vocês tocam a bola demais…”

Antes do fim da primeira etapa coube a Binho, o melhor em campo, fazer Paiaiá 3 x 2 Riviera em mais uma cobrança de falta. Fato raro no time do Paiaiá. Com esses dois gols de falta no jogo de hoje, chegamos a 3 gols de falta em 33 jogos.

O gol de empate do Riviera também foi numa cobrança de falta que Binhopoderia ter “cortado” a bola.

Com 3 x 3 no placar o que estava faltando ao time que não conseguia empolgar diante de um time que , com todo respeito, não podíamos tomar tantos gols?

Voltamos para o segundo tempo com os mesmos jogadores que terminou a primeira etapa. Afinal, não tínhamos nenhum jogador no banco de reserva.

Não vi no time ao voltar para o  segundo tempo, uma postura diferente, uma vontade e mais concentração no nosso meio campo. Ao mesmo tempo em que perdíamos muitas chances de gols.

Binho, em mais um hat trick, o terceiro do ano, fez de pênalti, o seu terceiro gol no jogo.Paiaiá 4 x 3 Riviera.Disparado o melhor jogador em campo. Além dos três gols foi participativo o tempo todo.

Tudo parecia se encaminhar para mais uma vitória, mas ao final do jogo, um pouco antes de acontecer a penalidade que definiria o placar em 4 x 4, o atacante do Riviera perdeu o gol mais feito jogo. Depois de uma bola cruzada da linha de fundo, ficou ele, a bola e o gol vazio… a irregularidade do gramado fez com que ele chutasse por cima do travessão.

Paiaiá FC 4 x 4 Master Riviera.17620261_1429769757069076_8891915089497754658_o

Chagamos a dez jogos sem perder. Foram 7 vitórias e 3 empates. O que espanta é que no jogo de hoje sofremos muitos gols que  não vínhamos sofrendo nos último 10 jogos: foram 30 gols marcados e 11 gols sofridos ( 4 no jogo de hoje).

A última vez que o Paiaiá FC sofreu 4 gols na mesma partida foi no jogo contra uma equipe “esporte” no dia 26/03/17, o jogo foi Paiaiá 1 x 4 Meninos do Reimberg.

Na nossa querida várzea acontece de tudo, por isso ela é apaixonante. Dada as circunstâncias no jogo de hoje e suas falhas, me refiro aos gols que aconteceram e os que não aconteceram, o resultado justo seria: PAIAIÁ 8 X 5 MASTER RIVIERA.

Considero uma das piores partidas do Paiaiá FC esse ano. Fomos e ficamos aquém do que sabemos e  podemos fazer. Faltou muita comunicação e alguém assumir o papel de chamar atenção de cada companheiro, de forma respeitosa, para corrigir o posicionamento. É fundamental que parceiro de posição de Neto o oriente. Por ser novo, mesmo evoluindo, ainda necessita de tal orientação tática.

Que melhoremos para o próximo. É necessário.

Um abraço especial para Alcides Ferreira , o TT. Ele que aniversariou ontem. Ex jogador do Paiaiá e uma das pessoas mais queridas do nosso povoado, além de ser pai do melhor jogador do Paiaiá de todos os tempo.

Parabéns, Alcides. Felicidades e nosso carinho.

*Imagem em destaque é do arquivo pessoal de Edilson Correira. Disputa do campeonato rural de Nova Soure -Bahia.

PAIAIÁ FUTEBOL CLUBE, MAIS QUE UM TIME !

4 comments

  1. Concordo, as falhas individuais foram cruciais, mas a atuação do apitador tem de ser ressaltada! Visualmente querendo prejudicar a equipe, inventando faltas, não dando impedimentos e apitando um pênalti insistente. Bola não mão – ou mão na bola? Não abri os braços ou aumentei meu corpo com o braço. Lance de um metro e braço colado ao peito! Vergonha

    1. Acredito que o pênalti foi dado “corretamente”, pois até você mesmo ficou na dúvida naquele momento: foi ou não? Se tivéssemos ganhando de 4 x 1 talvez não fizéssemos observação alguma quanto à marcação.

  2. Mais uma vez fizemos uma partida abaixo do que somos capazes, mesmo com o número de jogadores sendo 11 somente, o juiz “errando”. A questão é que não estávamos bem ou não fomos bem em lances isolados e isso originou o placar elástico para o adversário. Sem menosprezar os caras, mas não poderíamos tomar 4 gols, pelo que foi criado por esse adversário. Temos que cobrar mais, estou envergonhado pela atuação e vou cobrar mais de todos que jogam próximo da zaga, começando por mim mesmo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *