Brilho ofuscado

O Paiaiá FC enfrentou, no domingo passado, a boa e jovem equipe do Unidos do Santo Afonso e venceu por 2 x 0 brilhantemente. Essa vitória foi construída em função de muita concentração e menos falatório , seja contra o juiz ou entre os próprios jogadores.

No jogo de hoje, contra a equipe do Misturão E.C. poderia ter acontecido a mesma coisa, mas… não foi possível.

Entramos em campo com a seguinte escalação: 1 Sílvio, 2 Gabriel, 3 Rui, 4 jojó, 6 Thiago; 5 Álvaro, 8 Neto, 7 Uilton, 10 Binho; 11 Tunico, 9 Flávio;

Os primeiros minutos de jogo levava a crê que faríamos mais um boa partida e fizemos. Foi também no início que Tunico perdeu a melhor chance de gol do primeiro tempo. 20992968_1580514891994561_4045118066401104654_n

O campo pequeno dificultou um pouco nosso toque de bola, principalmente nas saída de bola. Não conseguimos ter uma boa sequência de bons passes. Fomos eficientes na marcação, mas falta a boa jogada, aquela bola que sai de trás…

Faltou uma melhor marcação pelo lado esquerdo e foi por ali que o adversário se aproximou mais perigosamente de nosso gol. No meio tínhamos Neto que vem evoluindo e fez uma grande partida. Binho foi o responsável por levar mais perigo ao gol do Misturão com chutes de longa distância, velocidade, bola na trave e chamando atenção do adversário.

Nosso primeiro gol saiu depois que Rui cobrou uma falta do meio da rua e o goleiro aceitou, ficando com as penas nas mãos.

Após o gol começou um certo descontrole nós mesmos e, principalmente  contra o juiz , diga-se de passagem, um conterrâneo , do povoado do Cabeleiro-Nova Soure-Bahia.20953493_1580515265327857_1662424174765286561_n

Depois das contusões de Uilton e Flávio era claro que  precisava fazer , também, mudanças táticas. Fizemos uma linha de três volantes ( Álavro, Neto e Gabriel) com Itaécio centralizado e Binho e Tunico como nossos delanteros (4-3-1-2).

Quanto mais o juiz errava e errava porque não sabia marcar, tanto nosso time quanto o adversário falavam demais.

Mesmo levando pressão e não conseguindo articular boas jogadas, Gabriel deixou, magistralmente, Binho na cara do gol para fulizar, de canhota, na diagonal e fazer 2 x 0 no placar.

Talvez tenha sido o jogo que mais demos “chutões” e, acredito por falta de um bom posicionamento  de nosso meio ou de alguém que fizesse a bola rola com mais qualidade.

As reclamações contra o juiz não paravam. Após uma cobrança falta que a bola bateu no travessão, claramente e, subiu , o juiz , só ele, viu escanteio. Foi depois da cobrança que a bola sobrou para o adversário fazer um golaço. Esse gol colocou o adversário no jogo.

Em uma falha de posicionamento, depois de uma bola cruzada, sofremos o gol de empate. Mas o nosso maior erro foi muita falação e pouco concentração dentro de campo. Não fizemos uma má partida, levando em conta o forte adversário. Adversário que merece voltarmos para enfrentarmos novamente. Com outro juiz, claro.10003944_684689114910481_1954278120_n

Precisamos ter como exemplo o jogo contra a equipe do Unidos do Santo Afonso. Em um jogo desse é mais do que fundamental ter uma obdiência tática e se doar em campo.

Todos estão de parabéns pelo jogo de hoje.

Um abraço especial para um amigo e aniversariante de hoje: o goleiro Fábio Fly do Nosso Time FC. Parabéns, felicidades.

PAIAIÁ FUTEBOL CLUBE, MAIS QUE UM TIME!

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *