Como sempre deve ou deveria ser

Pela primeira vez fomos enfrentar a equipe do Jabaquara FC no CDC Vila Guarani – Jabaquara. A equipe do Jabaquara, desconhecida até então, não está no mesmo nível técnico ( com todo respeito) do Paiaiá FC. Mas o resultado de 6 x 0 também foi mérito da boa exibição do Paiaiá FC, principalmente na segunda etapa.

Entramos em com com : 1 Sílvio, 2 Márcio, 3 Zé Elson, 4 Gabriel, 6 Guduga; 5 Álvaro, 8 Neto, 7 Uilton, 10 Binho; 11 Tunico ( quando chegou o jogo já havia começado) e Flávio 9.20229118_1552347844811266_4529417086812010891_n

Dado todo o domínio do jogo que tivemos na primeira etapa, podemos dizer que 1 x 0 foi um resultado abaixo da apresentação. O time do Paiaiá tocava bem a bola , tinha todo o domínio do jogo, a defesa não deixava o ataque adversário criar qualquer chance de gols e nosso meio campo se comportava muito bem.

O que faltou no primeiro tempo , talvez tenha sido um toque final com qualidade na quele famoso “último passe”.  Qualidade essa que sobrou para Guduga no cruzamento (passe) para Tunico abrir o placar de cabeça ou de ombro, sei lá.

No intervalo, conversamos que Binho precisava , não necessariamente soltar a bola é termo correto, mas ser mais coletivo. Ou seja, tocar e se posicionar para receber em velocidade, evitando o choque direto com os zagueiros.

Voltamos para a etapa derradeira fazendo como combinamos e o resultado foi um gol atrás do outro e de forma bem trabalhado.

O time do Jabaquara tentava, mas encontrava um time bem centrado na marcação e uma defesa jogando com muita seriedade e respeito. Respeito esse, vale ressaltar, também por parte do adversário que mesmo perdendo de goleada, em nenhum momento foi desleal. Inclusive, após o jogo, o responsável do time do Jabaquara nos parabenizou pelo time, pela postura, pela vitória e nos convidou para marcar um retorno  nos próximos 3 meses.20170723_192044

O que é fundamental num jogo desse é aproveitar todas as oportunidades de gols de tiver e “matar” o jogo. Estamos cansados de ver times que não aproveita e quando menos espera sofre um gol bobo e a situação se complica. Seja por uma bobeira ou mesmo por uma falta que o juiz caseiro inventa.

Com Uilton, Binho e Tunico os gols foram saindo e o Paiaiá FC, em nenhum momento deixou de jogar sério e, gostaria de citar cinco destaques:

1 – como já falei, a seriedade, o respeito do time do Paiaiá para com o adversário em todo jogo;

2- o nosso  sistema defensivo foi perfeito. Não perdeu uma jogada;

3- Guduga: fez um excelente partida jogando em sua posição de origem que é a lateral esquerda. Se posicionou bem, tocou com qualidade e deu duas assistências para dois gols  em  cruzamentos que podemos chamar de passe. Perfeito:

4- Binho: jogou mais recuado, como um camisa dez e mesmo numa goleada de 6 gols e ele apenas marcou um. Mas devemos ressaltar que fazer uma boa partida não está ligada a fazer gols. Ele procurou o jogo o tempo todo e fez uma brilhante partida principalmente na segunda etapa, jogando mais coletivo;12249590_985660968146626_418100335291553589_n

5- Uilton: quem já o viu jogar na várzea em tempos de Paiaiá FC , lá na Bahia onde fazia uma parceria fatal com Alcindo ou há algum tempo aqui em São Paulo, dirá que não viu nada de anormal. Aos 42 anos, esse craque da várzea e do Paiaiá FC esbanja habilidade, técnica e bom posicionamento. Nunca foi de marcar muitos gols, tinha como função deixar os atacantes na cara do gol. Um exímio camisa 10. Na goleada de hoje, ele fez três gols  e corou de forma brilhante, ouso dizer que foi seu primeiro  Hat-trick   com a camisa do Paiaiá.

Não é fácil fazer 3 gols no mesmo jogo e Uilton, esse craque de primeira linha se junta a um pequeno e seleto grupo de jogadores que já alcançaram essa façanha: Alcindo, Binho e Fabrício.

Não podemos esquecer que devemos ser sempre assim: ganhando ou não o respeito acima de tudo.

Parabéns a todos pelo jogo.

Um grande abraço para um leitor fiel desse site: o amigo, o gaúcho, o gremista Renan Biernat. Grande abraço de todos do Paiaiá FC e obrigado por nos acompanhar.

PAIAIÁ FUTEBOL CLUBE, MAIS QUE UM TIME !

 

One comment

  1. Fizemos o que deveria ser feito, jogar para frente, com objetivo e acima de tudo RESPEITO com todos que estavam dentro de campo. Parabéns a todos e como disse Tonico, parabéns ao adversário tratamento conosco, dentro e fora de campo. Quanto a Uilton, já falei e vou repetir, EU tive e tenho a felicidade de jogar a seu “lado”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *