É gostoso sair da casa do adversário com um troféu

O adversário era desconhecido, inclusive o nome: Chico Caetano FC. Mas vale ressaltar que é um time muito bom e difícil de ser batido. Fato que valorizou  ainda mais a nossa vitória por 3 x 1, de virada.

Entramos em campo com a seguinte escalação : 1 Sílvio, 2 Marco Aurélio, 3 Rui, 4 Gabriel, 6 jojó; 5 Alez, 8 Gê, 7 Painho, 10 Regis; 11 Tunico e 9 Uilton.

20160710_092707[2]

Uma escalação para enfrentar qualquer adversário sem a mínima preocupação de fazer um jogo ruim.O jogo de hoje é para ser lembrado por muito tempo por esse grupo, tanto pela postura, determinação e a consciência de saber jogar quase dois tempos com um jogador a menos. Mas começamos ruim e perdidos .

Continuamos falando demais com o juiz sem motivos aparentes( já “enfrentamos” juiz muito pior). Os 15 primeiros minutos de jogo foi um “show” de erros de passes, falatórios e muito fragilidade na marcação . Contra um adversário de boa qualidade e jogando com um a menos quase todo primeiro tempo, saímos perdendo o jogo logo após a expulsão de Rui.

20160710_104210[1] Tomamos o gol em um chute fraco de fora da área em que Sílvio jogando no sacrifício ( dor na coluna) não conseguiu fazer a defesa, já que a bola era defensável. Também foi uma bola que poderíamos ter bloqueado quando a bola quica e o adversário tem todo tempo para chutar.

Mas o time não se abateu e começou a superação.

Depois da expulsão  infantil do zagueiro Rui, que perdeu a cabeça com as “ameaças” do juiz do jogo, os jogadores do Paiaiá FC se multiplicaram em campo, com uma vontade impressionante que orgulhava atodos que assistiam e torciam  do lado de fora do alambrado. 20160710_103336[1]

Rui, além de se preocupar demais com o juiz fez duas faltas bobas e foi expulso. Justamente ele que teria que permanecer em campo, caso precisasse ir para o gol. “Quero me desculpar pela expulsão e agradecer pelo empenho de todos, Grato”.Disse Rui após o término da partida.

Melhoramos e fomos para cima do adversário o que nos levou a empatar o jogo ainda no primeiro tempo com Uilton( que jogou muito), depois de uma bela jogada de Regis de linha de fundo.

Voltamos para o segundo tempo com os 11 jogadores. O responsável do time do Chico Caetano, permitiu que colocássemos outro jogador em campo, “com exceção do que foi expulso”.

Flávio entrou e foi muito bem ao se posicionar entre os zagueiros, como um típico centroavante. Uilton recuou para sua posição de origem para fazer uma bela partida, até cansar e sair para a entrada de Lândio, cidadão do Paiaiá que fez sua primeira partida coma gente depois de anos sem jogar futebol. 20160710_104103[1]

O segundo tempo foi outro jogo. O que vimos em campo foi um time bem postado e disposto a buscar a virada. Depois de um passe curto de Gabriel numa cobrança de falta , Jojó “encheu pé” para fazer 2 x 1. Jojó, que aos 48 anos esbanja saúde e vigor físico invejável, para a prática do futebol.

Para coroar a atuação, ele fez um lançamento longo e Tunico contou com a falha dos zagueiros para fechar o placar e chegar ao seu décimo primeiro gol na temporada.

Ao bom time do Chico Caetano, restou se conformar com a derrota para um time que é capaz de superar adversidades para praticar o futebol varzeano com respeito e dedicação.

Temos enaltecer a  todos  pela vitória maiúscula do Paiaiá FC. A começar pelo sistema defensivo que foi perfeito com Gabriel, Jojó, Alex que se agigantaram na defesa.  Gê, Regis e Uilton jogando muito no meio de campo; Sem esquecer de Marco Aurélio , Toniquinho e Flávio.

20160710_130917[1]

Landinho demonstrou que com rítimo de jogo, pode nos ajudar e muito.Os 15/20 minutos que esteve em campo,ficou claro que se esqueceu de jogar futebol. cabe a ele força de vontade para entrar no rítimo de jogo.1464993619328[1]

Só temos que parabenizar a todos e esperar que joguem assim sempre que houver necessidade.

O Paiaiá FC escreveu mais um brilhante capítulo em sua riquíssima história. A declaração de um sr. que assistia ao jogo é algo extremamente relevante: “Parabéns pelo time. É gostoso sair da casa do adversário com um troféu embaixo do braço. Eu gostava demais….”, finalizou.

Valeu, galera!

2 comments

  1. Fico feliz por mais uma brilhante Vitória, pois, mesmo estando distante, consigui “assistir ” a reprise deste jogo ao lê o belo texto, É GOSTOSO SAIR DA CASA DO ADVERSÁRIO COM UM TROFÉU. Valeu galera, parabéns. Breve estarei com vocês.
    Obs. Acredito que se estivesse presente poderia acalmar ou pelo menos tentaria acalmar Rui. Pois, percebo que há comunicação e “respeito” quando nos falamos dentro de campo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *