Passes de letra, vitória e falações

Pela terceira vez (primeira vez em 2016) saímos para enfrentar o time   Os Metralhas FC e novamente chegamos atrasados . Mesmo não sendo um tecnicamente no mesmo nível do Paiaiá FC , é um time chato de enfrentar.

Primeiro: em 2015 vencemos por duas vezes:

Segundo: nenhum time quer perder em casa.

Com o time que entramos em campo ( 3 volantes), sabíamos que seria muito difícil sofrermos com o ataque penetrando entre a nossa sólida zaga. E, com Gê e Zé Nilton, teríamos duas opções para sairmos jogando dada a qualidade técnica desses jogadores. Para uma proteção melhor Painho e Alex se  encarregaria.20160515_082208[2]

Com o pequeno atraso de Rui , tivemos que fazer uma alteração e assim entramos em campo: 1-Sílvio, 2-Marco Aurélio, 3- Zé Elson, 4-Zé Nilton, 5 -Jojó; 5- Alex, 8-Gê, 7-Painho, 10-Rodrigo; 11-Tunico, 9-Uilton.

A primeira etapa foi de total domínio da nossa equipe . Começamos tocando a bola (claro), não houve nenhum perigo a nossa meta .

Não sei é falta de concentração, mas o nosso time sempre que enfrentamos times com , diríamos , não tão boa técnica , deixamos um pouco a desejar n’aquilo que mais sabemos fazer que é deixar o adversário “tonto” de tanto tocarmos a bola de uma lado para o outro.20160515_081633[2]

O nosso time parece aquele aluno, adolescente , que a professora manda ficar quieto e ele para por 2 minutos e volta a bagunçar.

Todo jogo falamos:” esquece o juiz”. Quando entramos em campo o que acontece?

Sabemos disso. O juiz sempre é do time adversário . Sempre teremos esse “adversário”, principalmente quando o juiz não é juiz. Ao falar com o “juiz”, vai ao lado dele , um só, e fala … Não. Ficamos esbravejando de longe. É tudo que o “juiz” quer para nos “prejudicar”. Levou uma porrada.Levanta, vamos fazer o que sabemos que quero ver ter juiz que atrapalhe.

Voltando ao jogo. Terminamos o primeiro tempo vencendo por 1 x 0 gol um belo gol de Tunico.

Na segunda etapa , voltamos com Rui no lugar de Uilton que aos poucos se recupera de uma séria contusão. Painho adiantou e pressionou mais o adversário em suas saídas de bola.  A nossa linha de defesa esteve bem postada o tempo todo e não houve espaço para o adversário chutar sequer uma bola no gol.

20160515_094607[2]Gê jogou muito . Com garra e técnica apurada. Alex , também. Zé Nilton, fez o que mais sabe , tocar a bola . Mas em função de dores nas costas , não foi o mesmo de sempre. Zé Elson, um monstro.Ganhou todas as jogadas que disputou. O oportunista Tunico fez os dois gols do jogo. Aproveitou brilhantemente as duas chances que teve.

Mas hoje o cara do jogo foi Marco Aurélio . Brigou, deu carrinho, fez jogadas de classe, toques de letras e após o jogo foi escolhido pela maioria como o melhor em campo e levou o prêmio(caneta Mont Blanc), oferecido pelo nosso amigo Pedro Cardoso a quem a gradecemos.20160515_085851[1]

Parabéns a todos que contribuíram mais mais um belo capítulo desse time que não visa só o futebol em si , mas a amizade e a preservação de nossas raízes .

download
Sílvio: seguro apesar de pouco trabalho. Nota 7,0
Marcos Aurélio: jogou muito, ganhou todas as divididas e saiu jogando com categoria.  Ta melhorando a cada jogo. Nota 9,0
Zé Elson: seguro na marcação. Nota 7,5
Zé Nilton: foi prejudicado pelo seu estado físico, mesmo assim jogou bem. Nota 7,5
Jojo: se atrapalhou um pouco, mas não comprometeu. Nota 7,0
Gê: um gigante no meio de campo, mas reclama muito com juiz. Nota 8,5
Painho: nem parece que só joga uma vez por mês. Nota 8,0
Rodrigo: jogou muito, mas tava muito “pilhado”. Nota 7,5
Uilton: jogou bem pra quem ta voltando de lesão.  Nota 7,0
Tunico: Binho se ausentou e ele virou matador, fez dois. Nota 8,5
Alex: correu por todo setor do campo, marcou bem e ainda quase fez o gol. Nota 8,0
Rui: entrou no segundo tempo e arrumou a defesa. Nota 6,5

Até domingo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *