Paiaiá FC 1 x 1 Tradicão ( Pênaltis : Paiaiá 19 x 18 Tradição

Não se assuste. O futebol de várzea permite histórias como essa que daqui a algum tempo iremos sentar e relembrarmos.

Momento saudosismo

Jogo cedo, campo do Rivelino , próximo ao terminal de ônibus do Varginha, SP. Uma cena que me marcou e que por um momento me fez voltar no tempo no interior da Bahia. Marcar o campo com cal, sob a direção de uma linha.

1 Tempo

Em campo , nos perdemos um pouco na grama natural cheia de ondulações e depressões . Mas dominamos com a boa técnica que é marca o nosso time. O adversário não era um grande time mas nos impôs uma certa correria em um campo pesado.

O time que entrou em campo ( 1- Sílvio, 2- Eliel, 3 – Zé Elson , 6 – Jojó, 5 – Zé Nilton, 8- Gê, 7 – Régis, 10- Rodrigo, 11- Tunico e 9 -Binho). Com esse time saímos para o intervalo perdendo num gol que saiu em uma única bola que o time do Tradição teve.20160320_080633

2 Tempo

Voltamos com a mesma determinação e confiança . Tunico foi substituído por Uilton que foi para a  lateral direita e Eliel formou o ataque com Binho. O gol de empate saiu numa bela jogada de Régis pela direita que cruzou rasteira para Gê de carrinho empatar.

Não é normal que o nosso time demore tanto para fazer um gol numa equipe taticamente desorganizada, mesmo jogando num campo que não estamos habituado a jogar. Precisamos corrigi isso e trabalhar a bola de maneira que possamos dar condições para os nosso jogadores que chutam bem de longe , ter mais chances de chutes.

Final, Paiaiá 1 x 1 Tradição. Jogo de festival, vamos decidir quem leva o troféu nos tiros livres direto da marca penal.

A primeira série de 5 pênaltis para cada lado terminou empatada em 4 x 4 . Fomos para as cobranças alternadas e a eficiência dos cobradores persistiu até que todos os jogadores executassem suas cobranças. Não havia sinal que alguém fosse perder alguma cobrança e decidimos que seria escolhido um jogador de cada time para cobrar até que um perdesse . Binho foi o escolhido pelo time do Paiaiá e executou no duelo individual mais 9 cobranças.

Por fim, foram um total de 20 cobranças para cada time até que o último foi cobrado para fora e o troféu ficou com o Paiaiá.

Foi cansativo, mas trouxemos mais um caneco.20160320_105213[1]

Até a próxima…

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *